terça-feira, 29 de março de 2011

José Alencar, para a história


José Alencar e Mariza Campos Gomes da Silva

Foi com grande pesar que o povo brasileiro recebeu surpresa no meio da tarde a triste notícia da morte de José Alencar, ex-vice presidente da República.

Os noticiários homenageiam este homem lutador e de sucesso, contando sua história de vida.

Mas, sem dúvida, foram os últimos anos os que mais tornaram-no foco da mídia, pela sua carreira política ao lado do ex-presidente Lula e, sobretudo, pela sua batalha ferrenha contra uma doença implacável.

Ferrenha, sim, pois sempre manteve sua postura de otimismo e bom humor diante da doença, atitude essa que alimentou a energia que ele usava para ganhar as batalhas contra o câncer. Foi uma demonstração clara de vontade de viver, sem medo da morte.

Aliás, como ele mesmo dizia nas entrevistas, não tinha medo de morrer, tinha medo, sim, é da desonra, pois o homem honrado não morre jamais, mas o homem sem honra morre em vida.

Senhores políticos, desejo que esse pensamento do ilustre José Alencar ressoe o tempo todo em seus ouvidos e crave forte em suas mentes, para que os senhores reflitam bastante antes de cometer qualquer ato que ponha em dúvida sua honra.

O ex-presidente Lula comentou que agora o amigo descansa em paz.

Creio que é mais certo pensarmos que foi a doença que deu uma folga ao batalhador José Alencar, pois seu grande espírito, agora livre da doença que assimilava seu corpo, certamente está forte para velar por nós e pelo nosso país.

Adeus, José Alencar, e obrigado pela marca que deixou na história do Brasil e na memória deste povo.



.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Gente, ontem mesmo postei aqui minha opinião sobre aqueles bravos funcionários da usina nuclear de Fukushima, que estão arriscando a saúde e vidas próprias em prol da vida de milhares de conterrâneos que estão à mercê de um perigo invisível e cruel: a radioatividade.

Hoje, quarta-feira, 16 de março, vi esta notícia no site UOL-Notícias-Internacional, que coaduna com meu entendimento:


16/03/2011 - 15h19

Trabalhadores de usina em "missão suicida" se tornam heróis nacionais no Japão

Os trabalhadores responsáveis pela refrigeração de quatro dos seis reatores da usina nuclear de Fukushima já estão sendo tratados como heróis pela população japonesa. Os profissionais arriscam suas vidas para reduzir a temperatura dos reatores que foram bastante danificados pelo terremoto e tsunami da última sexta-feira (11).
As equipes de emergência dizem que “não têm medo de morrer”, enquanto encaram níveis de radiação perigosíssimos à saúde.
As explosões e incêndios registrados na central nuclear fizeram aumentar os níveis de radiação do local, obrigando a companhia Tokyo Electric Power Co (TEPCO), responsável por operar o reator, a retirar a maior parte dos empregados.
Todos os empregados foram obrigados a deixar a usina nuclear nesta quarta, depois do aumento dos níveis de radiação. No entanto, pouco tempo depois, os 180 trabalhadores, que se dividem em turno de 50 homens, regressaram à planta, em meio aos temores de uma possível contaminação radioativa. Eles vestem roupas especiais, máscaras e usam tanques de oxigênio.
“As pessoas que trabalham na usina estão lutando sem fugir”, disse Michiko Otsuki, um funcionário da central nuclear de Fukushima 2, na rede social japonesa Mixi. “Agora, apenas posso rezar pela segurança de todos. Por favor, não se esqueçam que há pessoas trabalhando e arriscando suas vidas para proteger as nossas”, completou.
O primeiro-ministro japonês Naoto Kan elogiou os esforços e a coragem dos trabalhadores da usina nuclear. “Eles estão se esforçando ao máximo, sem pensar duas vezes no perigo”, afirmou.
Muitos especialistas consideram a missão desses trabalhadores como suicida. “Estamos chegando a um ponto onde não terá mais retorno. A situação não para de piorar. As equipes de emergência estão em uma missão suicida e, provavelmente, teremos de abandonar o navio com os tripulantes dentro”, disse a médica Michio Kaku à rede de TV americana ABC.
O diretor de pesquisa radiológica de Columbia, David Brenner, assinalou que dado os níveis de radiação detectados nas instalações, os trabalhadores se acham sob um "risco significativo".
"Em muitos sentidos, eles já são heróis, pois vão sofrer uma alta exposição à radiação", explicou Brenner à BBC.
O jornal Yomiuri Shimbun informou na terça-feira que o ministério da Defesa do Japão criticou a agência de segurança nuclear e TEPCO depois que alguns de seus soldados ficaram feridos, provavelmente devido à exposição à radiação. As forças de segurança se deslocaram para o reator 3 quando aconteceu uma explosão na estrutura de contenção.
"Disseram que era seguro e nós acreditamos, por isso trabalhamos lá", explicou o ministério da Defesa. "Conhecemos a proteção sobre radiação, mas não somos especialistas na estrutura de reatores. Quando nos comunicaram que estava a salvo, também acreditamos, embora sentíssemos que não era algo fácil", acrescentou.
*Com informações da AFP


Apenas retifico um dado que postei ontem ao dizer que são 50 os funcionários da usina que estão se dedicando a essa tarefa, porém, noticiou-se que são 180 e que se revezam em turnos.

Seja qual for o resultado desse esforço heróico, uma coisa é certa: os nomes desses corajosos fundionários serão lembrados com louvor e estarão para sempre na história da humanidade.

Pensamentos positivos para o povo do Japão e para todos que os estão ajudando.



.

terça-feira, 15 de março de 2011

Heróis contemporâneos

Noutro post, há algum tempo atrás, escrevi sobre a leviandade de Pedro Bial ao chamar de heróis esses personagens globais criados para distrair a população e que "habitam" o cenário do BBB10.

Naquela oportunidade eu disse que a qualidade de herói deve ser conferido a "pessoas ímpares, dotadas de um espírito sobrehumano e que fazem ou fizeram um ato extraordinário, notável, em prol da vida".

Ratifico minha afirmação neste momento em que os olhos do mundo se voltam para o Japão, país envolto em tragédias e sofrimentos causados pelos recentes terremotos e tsunami devastadores e que, como se não bastasse, para piorar ainda mais a situação, está na iminência de um desastre nuclear.

A usina nuclear de Fukushima Daiichi sofreu explosões que põem em risco a população japonesa com o vazamento de radiação de seus reatores. Os técnicos estão tentando resfriar os reatores lançando de helicópteros água salgada e evitar o temido processo de fusão por superaquecimento.












Reproduzo o seguinte trecho da notícia veiculada no site UOL-Notícias-Internacional:
"Apenas 50 dos 800 operários de Fukushima continuam na usina para tentar controlar os reatores, depois que o restante foi evacuado pelo risco de contaminação."

Apesar do risco as suas vidas, 50 funcionários permanecem para tentar evitar uma tragédia que custará a vida de milhares ou talvez milhões de vidas

Esses 50 indivíduos merecem ser chamados de heróis, assim como aqueles milhares de outros que se mobilizam para resgatar os sobreviventes e provê-los de alimento, água e remédios.

Heróis são todos aqueles que proporcionam o conforto àqueles que sofrem em meio a essa tragédia japonesa.

terça-feira, 8 de março de 2011

Belinhaaaaaaaa no puff

8 de março - Dia Internacional da Mulher




Parabéns a todas as mulheres neste Dia Internacional da Mulher, que simbolicamente é comemorado no dia 8 de março.

Na verdade, o dia da mulher é aquele que comemoramos todos os dias de nossas vidas, ao lembrarmos de momentos importantes que passamos ao lado ou perto delas. Elas merecem todo nosso respeito, por tudo que fazem por nós, pela família, pelo bairro, pela cidade, pelo país, pela humanidade.
Que Deus abençoe todas as mulheres de coração bom e que ilumine o caminho daquelas cuja alma vive mergulhada em maus pensamentos.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Full contact - vale-tudo - 2º Round

Belinha Puppy  X  Kid Coxinha
 
 
video
 
 
 
-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-

Full contact - vale-tudo

Belinha Puppy  X  Kid Coxinha


video



-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~